quarta-feira, junho 16

Bom, feliz talvez ainda não. Mas tenho assim... aquela coisa... como era mesmo o nome?
Aquela coisa antiga, que fazia a gente esperar que tudo desse certo, sabe qual?
— Esperança? Não me diga que você está com esperança!
— Estou, estou.                          [Caio Fernando Abreu]

2 comentários:

Fernanda Deunizio disse...

Obrigado pelo rabisco de amor lá no meu cantinho!

Uma esperançazinha aqui dentro, sempre tem.

Sempre aqui, F.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Jota Cê e eu vamos nos ausentar por alguns dias, mas saiba que o nosso carinho vai continuar o mesmo, viu?

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-