sábado, janeiro 21


E o que é a poesia, senão tudo que vivemos? Cada instante, cada detalhe, cada amor vivido, rompido. Se me perguntarem em que momento o gosto pelas palavras foi desperto em mim, jamais saberei responder, mas se por acaso perguntarem quando a poesia nasceu em mim, terei um palpite: no momento em que vim ao mundo.

[Noemyr Gonçalves]

4 comentários:

Karine disse...

Eii querida to passando para convidar você a participar do segundo "cantinho de sonhos" olhe aqui como funciona:
http://asoonhadora.blogspot.com/2012/01/cantinho-de-sonhos-2-participe.html
E participe, Deus abençoe!

'Lara Mello disse...

Daý! Que saudades! Ando sem tempo, mas sempre estou lendo aqui.. Lindo hoje começarmos com nossa colega Nóe!

Sorte para 2! ^^

Evelyn Dias disse...

Gosto muito do que a Noemyr escreve. Beijo.

Luzia Trindade disse...

A poesia está em tudo!